Blog / Blog Sidebar / Identificação Digital: o que eu tenho a ver com isso?
Como Identificação Digital vai revolucionar o mundo

Identificação Digital: o que eu tenho a ver com isso?

Os processos de identificação em território online foram facilitados por grandes players do mercado digital. Muitas vezes a possibilidade de conectar via Facebook ou Google evita o preenchimento de formulários enormes com informações básicas. Contudo, identificação digital pode ajudar as pessoas de uma forma incrível facilitando suas vidas e é isso que vamos mostrar nesse artigo.

Na web existe a possibilidade de utilizar a identificação digital, mas fora dela a realidade é outra. A espera em filas para renovação de documentos, o pagamento de taxas e o tempo necessário para que toda a burocracia ocorra faz com que pareça que estamos vivendo no passado. O mundo mudou apresentando novas formas de comunicação que aproximam e facilitam a interação social, por que as formas de identificação também não podem evoluir?

Existem alguns pequenos esforços para desburocratizar e informatizar processos de identificação, mas nenhum deles mostra uma solução definitiva para o público em geral. Para os estudantes, por exemplo, existe a carteira nacional de identificação estudantil, que apesar de possuir a obrigatoriedade do documento físico, também verifica digitalmente os dados de estudantes do Brasil todo.

Além disso, certificações e assinaturas digitais são serviços que evitam desperdícios de papel e facilitam os trâmites legais entre órgãos, possibilitando repensar processos e otimizar rotinas.

Diferenças de certificação, assinatura e identificação digital

Apesar de ambas gerarem facilidades no dia-a-dia corporativo, as certificações e assinaturas possuem diferenças entre que podem gerar confusões na hora da implementação desses processos.

A certificação é aplicada em documentos que são submetidos a um sistema que verifica a validade e garante a autenticidade e integridade dos dados inseridos, através de algoritmos matemáticos para gerar uma análise mais precisa.

Já as assinaturas digitais funcionam de forma parecida com as assinaturas tradicionais, onde quem assina confirma as informações do documento e afirma estar ciente do conteúdo do mesmo. Nesse caso a “certificação” se ocorre através de pessoas que analisam o conteúdo e assinam para outorgar as informações que compõem o arquivo.

Juntamente com os casos anteriores, há também a identificação digital, que é direcionada a usos mais generalizados e que pretende substituir os documentos impressos, centralizando os dados de identificação em um só lugar.

No Brasil já estão em implementação algumas soluções de identificação digital que podem auxiliar a população a desburocratizar processos que envolvem gastos desnecessários de tempo e dinheiro. O eID+ utiliza blockchain para auxiliar nesse processo e é uma solução desenvolvida aqui pela Trubr. Fora do país existem soluções parecidas.

Com soluções para identificação digital sendo desenvolvidas no mundo todo, é importante perceber que o Brasil também possui preocupações com esse tema e empresas brasileiras estão antenadas às novidades desse mercado.

Se você quer saber mais sobre a solução desenvolvida pela Trubr pode acessar nossa página clicando aqui e ,também, para saber mais sobre o que é blockchain e por que esse sistema é um diferencial tão grande para a identificação, pode dar uma olhada no nosso post aqui do blog com Tudo o que você precisa saber para dizer que sabe o que é blockchain